Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Sweet Home

Igualdade no casamento e divisão de tarefas

22/10/2018 por Bia Figueiredo

  • Fotos: Arquivo pessoal

    Bia com sua mãe: exemplo de trabalho e dedicação

  • Bia com sua sogra, responsável por ajudá-a a organizar as tarefas de casa no início do casamento

   O mundo moderno trouxe desafios para os casamentos. Com a mulher ocupando grandes cargos em empresas e ficando cada vez mais tempo fora de casa, a divisão de tarefas e responsabilidade entre casais teve que ser reorganizada.

   Na maioria das vezes, tomamos como referência a nossa família ou a de quem admiramos. No meu caso, a minha mãe sempre trabalhou muito, mas, por ser dentista, conseguia organizar a sua agenda para estar com as filhas em um período do dia. O meu pai é psiquiatra e acabava chegando somente à noite. A parte de organizar a casa, instruir a faxineira/cozinheira e mercado, ficava com a minha mãe. E o meu pai tinha a responsabilidade de organizar e pagar boa parte das contas, e, aos finais de semana participar das atividades com as filhas.

   No caso da família do Fábio, a minha sogra sempre cuidou da casa e dos filhos. Nunca quis trabalhar. É expert em organização, decoração e limpeza. E também sempre gostou de ficar linda. É toda focada na academia e vai no salão de beleza semanalmente. Também organizava as contas e fazia o mercado. Já meu sogro, trabalhava e ficava com a responsabilidade de pagar as contas.

   O Fábio e eu ainda não temos filhos, por isso a divisão fica muito mais suave. Os dois amam trabalhar e isso puxei da minha mãe. Mas a minha sogra me ajudou muito no começo do casamento para decorar a casa e sobre como organizar e instruir a nossa cozinheira/faxineira a deixar tudo impecável no dia a dia.

   Eu não sabia absolutamente nada sobre isso e o Fabio ama tudo organizado. Porém, como a mãe dele sempre fez tudo, ele também não sabia o que fazer. E aí como tinha essa referência toda dela, me pediu para cuidar disso. Ou seja, sobrou pra mim!

   O mercado eu acabo fazendo e, quando a agenda aperta, eu faço compras pelo aplicativo que entrega em casa (Obrigada, Senhor!). Já ele organiza e paga boa parte das contas. E, se no final de semana a casa está desarrumada, ele mesmo arruma.

   Temos a facilidade sim de ter a Tati (Santa Tati) ajudando diariamente com limpeza e refeições, e isso com certeza é fantástico. Sei que isso não é comum para todos, mas como trabalhamos bastante, conseguimos nos dar esse luxo.

   Enfim, acredito que o mais importante nisso tudo é ser flexível, companheiro e tentar aprender. Em alguns momentos, sei que eu quem vou ter que organizar e pagar contas, em outros o Fabio irá ao mercado, pois a vida é um ciclo. Essas mudanças de rotina são importantes para valorizar as responsabilidades do outro. E claro, se divertir com as situações que surgem no caminho!

   Bia Figueiredo
   Piloto de automobilismo

 

Você também
pode gostar de...

Materia

Igualdade no casamento e...

O mundo moderno trouxe desafios para...

Antena Yes

Oscar 2018...

Aconteceu na noite desse domingo (04),...

Materia

Entrevista com Alexandra Loras...

Por Fernanda Suplicy Já era fã da...