Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Matérias

Nosso primeiro casamento depois de casados por Bia Figueiredo

30/09/2016

  • Arquivo pessoal

    Bia e seu marido, Fabio, curtindo o casamento

  • Arquivo pessoal

    Noivos apaixonados

  • Arquivo pessoal

    Bia e Fábio com os noivos, Ana Luiza e Ricardo

  • Arquivo pessoal

    A linda capela!

  • Arquivo pessoal

    Bia e a fofa da Theodora, em Portugal

  • Arquivo

    Avô com a daminha Theodora, pequena adormecida! 

  • Arquivo pessoal

    A fofura da Theodora, que foi daminha dos pais!

   Faz 8 meses que casamos. Em agosto, viajamos para Portugal para presenciar o primeiro casamento pós-casados: o da minha querida irmã Ana Luiza e do meu cunhado Ricardo.

   Casar é a celebração do amor e é impressionante as mil possibilidades de celebrar essa data: na praia, em casa, com churrasco, almoço, festa à noite, no exterior e tantas outras. Mas algo não pode ser deixado de lado. A cerimônia precisa ter a cara dos noivos.

   No caso da minha irmã, não poderia ter sido em outro lugar. Portugal foi uma perfeita escolha para os dois. O Ricardo é português e sua família mora na cidade da Guarda, mas seus avós nasceram em uma pequena aldeia no nordeste do país, quase na divisa com a Espanha. Nesta aldeia tem uma pequena capela e, acreditem, 80 (isso mesmo, OITENTA) habitantes. Nem preciso dizer que o evento foi O EVENTO da cidade e a capela... Ai que capela linda!

   Por ser em Portugal, a Aninha não participou de todos os detalhes da organização da festa, feita com muito carinho pelos pais do Ricardo e sua família. Ou seja, muita coisa foi surpresa para ela também. Delícia, né?

   Sobre as diferenças dos tipos de cerimônia e as culturas, há algo não posso deixar de contar. A mãe do Ricardo fez a super gentileza de marcar cabeleira para nós (<3). Separei 100 euros, pois não tinha ideia de quanto custaria. No final de tudo perguntei quanto havia saído a escova das três (eu, mamãe e Aninha) e a resposta foi : $13 euros. Ah, $13 euros cada uma...

   - Não senhora, ora pois, $13 euros é para as três.

   Morri! Ainda na saída parei para tomar um café com pãozinho que deu o valor de $1,30. Cheguei no hotel e falei pro Fabio que tínhamos que mudar para Portugal, rs. Pois bem, nas cidades menores o custo das coisas é bem baixo, tudo bem, mas $ 13 euros? Em Lisboa e Porto já aumenta, mas mesmo assim as pessoas vivem muito bem com pouco. Enfim, isso é história para a seção de viagens do Yes Wedding, então vamos voltar ao casamento.

   A cerimônia religiosa foi tradicional e longa. Muito emocionante e nos faz pensar no verdadeiro sentido de se casar na Igreja, algo que às vezes a gente deixa de lado nas grandes cerimônias. Focamos na decoração, focamos no vestido, na atração, mas a mensagem real daquele momento, poucas são as pessoas que valorizam. Para deixar tudo mais emocionante, o padre foi o mesmo que batizou o Ricardo. La só podem ser um casal de padrinhos do lado do noivo e outra da noiva. O Fabio e eu fomos honrados de ser um dos casais de padrinhos.

   A festa começou com uma banda, com mesa farta de petiscos e lá para umas 15h veio o almoço: muito bacalhau, doces, bebidas (bem, estes detalhes a Ana Luiza vai contar para vocês aqui no Yes Wedding em breve). Vamos à festa! Vocês acham que brasileiro é festeiro? Ora pois, casamento português dura o dia todo e vai até de madrugada! Após o almoço a banda continuou até anoitecer. O high light da banda foi tocar Mamonas Assassinas e eu dançando vira com a avós do Ricardo. E as 20h foi servido o jantar. A família fez discurso, muitos mais brindes e comida e quando olhei no relógio já era meia noite.

   A única pessoa que estava com energia toda era a minha sobrinha Theodora (filha da Ana Luiza e Ricardo) que foi a linda daminha de honra. Ela tirou a soneca da tarde e depois de atacar os doces ganhou energia até de madrugada. Energia sem fim!

   Participar intensivamente de uma festa com tradições portuguesas foi incrível! E muito emocionante ver minha linda irmãzinha mais velha se casando. Volta todo aquele sentimento de casar, de entrar na igreja... Muito amor!

   Nos dias seguintes aproveitamos para conhecer um pouco da linda Portugal, experimentar todos os tipos de comes e bebes, bacalhau, pastel de Belém. Só por isso engordei 3 kgs e, graças a Deus, já perdi tudo! Mas isso é assunto para o Yes Wedding Diet, rsrsrs. (Fernanda, queremos mais e mais e mais e mais Yes Wedding, tamanho amor!).

Bjos,

   Bia Figueiredo
   Piloto de automobilismo

 

 

Você também
pode gostar de...

Antena Yes

Fabiana Saad e Flavio...

“Casamento é celebrar o amor que...

Antena Yes

Aline Lima e André...

“Só consigo pensar em você ali,...

Antena Yes

Pinterest: inspirações para o...

Que o Yes Wedding é uma...