Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Matérias

Entrevista Lais Aguiar

20/06/2012

  • Foto: Fernanda Bozza / noivado Lais
  • Foto: Fernanda Bozza / noivado Lais
  • Foto: Demian Golovaty / Decór: Lais Aguiar
  • Foto: Demian Golovaty / Decór: Lais Aguiar
  • Foto: Demian Golovaty / Decór: Lais Aguiar

Lais Aguiar cresceu acompanhando o pai e o avô na Rubens Decorações, nas montagens de festas, na fazenda da família de onde saem belas flores, e na construção do acervo da empresa, um dos maiores do ramo. Há poucos anos, sentei na mesa de seu escritório, a convidei para fazer parte desse site sugerindo aparecer com o próprio nome. Na época ela já estava a mil e super arrasando na área, mas sempre como equipe da Rubens. Ela veio, e a primeira vez que essa talentosa menina-mulher apareceu em formato de decoradora “Lais Aguiar” – se mantendo, é claro, na Rubens - foi aqui e com nossas palavras. Que orgulho! Hoje, tem sua identidade mais que consolidada, conquistou tudo e todos, e assina a cenografia de festas que chamam a atenção pela elegância. Filha de peixe, peixinho é! Fora tudo isso, por conta de sua doçura e simpatia, se tornou uma grande amiga. Lais acaba de se casar – num casamento deslumbrante e perfeito, que mostraremos em breve – e nos cedeu uma entrevista exclusiva e muito gostosa de se ler. Enjoy!

Por Fernanda Suplicy

YW: Qual o significado da decoração para sua vida?
É enorme! Afinal ela representa grande parte da minha vida. Eu durmo e acordo pensando na mesma coisa: decorações e festas (risos...). Para mim, vejo como algo que está presente em todos os ambientes que frequentamos e faz toda diferença na vida das pessoas.

YW: É um trabalho que resulta de competências adquiridas ou do fato de possuir sensibilidade?
Acredito que resulta de ambos. No caso das competências adquiridas, a arquitetura, cenografia e noções de luminotécnico são fundamentais para conseguir projetar e trabalhar com decoração, pois é essencial entender de espaço, medidas e capacidade de visualização. Entretanto, com certeza é necessário ser sensível e conseguir sentir o que torna um ambiente charmoso, aconchegante e gostoso. Não é tão simples ter esse resultado.

YW: No seu caso, foi sua família que te preparou para chegar onde está?
Acredito que minha família acabou interferindo sim, pois sempre me levaram para acompanhar montagens, ver a colheita e também na compra das flores e folhagens. Isso com certeza me deu uma super base e me fez pegar o gosto da coisa, mas a faculdade de arquitetura, os cursos de cenografia e desenho, e minha eterna necessidade de fuçar e ir atrás de referências, foram e são fundamentais para o meu desenvolvimento profissional.

YW: Por ser um universo em constante mudança, de que forma se atualiza quanto às novidades?
Acredito que trabalhando com decoração, tudo pode se tornar referência. Eu me interesso muito por moda, artes e design. Qualquer coisa gera ideias e é indispensável estar sempre inovando o olhar com diferentes recursos e estilos. Uma viagem, uma revista, um livro, um restaurante, um belo jardim, um quadro, uma roupa, um bom filme… tudo serve como referência, pois cada coisa desperta uma nova ideia. A melhor forma de se atualizar é se manter sempre curioso, buscar o novo, o diferente, sem o menor preconceito e sem pré julgamentos.

YW: Você segue tendências? Onde busca inspirações?
Acredito mais em inspirações do que tendências. Acho que as inspirações acabam sendo mais personalizadas , ou seja, você consegue se inspirar com o próprio perfil do cliente. Porém, logicamente que eu estou, também, atenta às tendências.

YW: Usa algum parâmetro para fazer os seus projetos de decoração? Quais?
Sim! Acredito que o projeto deve fazer com que os convidados tenham sensações ao entrar no espaço, como, por exemplo, a de aconchego, que é incrível; ou a sensação de sentir-se em casa, estar à vontade é ótimo! É fundamental que o projeto seja funcional com os espaçamentos e circulação. É preciso encontrar o meio termo entre o espaço vazio e o espaço lotado, entre o despretensioso e o desconfortável.

YW: Como foi planejar o próprio casamento após ter contribuído com a realização de tantos outros?
Foi maravilhoso planejar e projetar o layout do meu próprio casamento. Sinceramente, deu um pouquinho de insegurança e medinho de errar, mas acredito que o casamento deve ser reflexo dos noivos e, com certeza, o meu ficou a minha cara e a cara do Felipe.

YW: Em que a sua experiência contribuiu nesse momento tão especial?
A minha experiência fez com que eu fosse direto nos fornecedores que queria e tomando as decisões de forma bem rápida, ela otimizou o meu tempo para tomar as decisões e fazer as escolhas.

YW: O fato de trabalhar na área a tornou uma noiva mais exigente? Pode citar exemplos?
Ai..., eu sou extremamente exigente por natureza, sou doente nos detalhes... (risos), mas com certeza minha exigência foi maior comigo mesma e com a minha empresa. Criei muita expectativa em relação ao meu projeto, desde as flores aos móveis que escolhi.

YW: O que fez para facilitar o trabalho de quem está organizando o seu casamento? Pode dar dicas?
Na verdade fui eu mesma que organizei o meu casamento, justamente pelo fato de trabalhar com isso, mas acho fundamental tentar seguir um cronograma que envolve desde a escolha do local até o último detalhe. Organizar o processo é o mais importante para poder ter tempo de ver tudo com calma e curtir muito. Outra dica é passar para os fornecedores tudo que gosta e não gosta e suas expectativas, assim como o que não espera da festa. Entretanto, a confiança nos fornecedores é fundamental! Se você não se sentir segura e não tiver empatia com o profissional, procure outras pessoas. Esse é um momento único na nossa vida, um momento em que a gente se sente feliz, mas ao mesmo tempo confusa, estressada, nervosa, histérica… (muitos risos)… então é fundamental ter uma equipe que tenha paciência, que te compreenda e que te ouça.

YW: Você se inspirou em algum casamento para o seu?
Em relação aos tons eu me inspirei em um buquê lindo de rosas que vi em Paris no ano passado, quando fui pedida em casamento. Ele era somente em rosas no tom pêssego alaranjado , rosé e um tom mais forte, quase um pink. Para a decoração, eu me inspirei em vários casamentos que eu mesma já fiz, busquei um ambiente aconchegante despretensioso, grandioso, porém não ostensivo e que tivesse a minha cara e do Felipe.

YW: A Candy Brown, estilista, é sua sogra e quem fez o seu vestido. Como foi essa experiência?
Tenho uma relação excelente com minha sogra, um carinho gigante por ela e sei que é recíproco. Além disso, eu amo o trabalho dela, então a experiência de fazer o vestido com ela foi maravilhoso. Ela me deu liberdade para palpitar em tudo e eu dei a liberdade dela criar tudo. Foi perfeito!

YW: O que é mais importante num casamento para você?
O mais importante e mais chique num casamento para mim, é que esse tenha a cara e o jeito dos noivos. Em minha opinião, não existe cafona e nem certo e errado. Se os noivos estão felizes, animados e a vontade, essa energia contagia a todos e a festa flui naturalmente bem!

YW: Como foi casar? A sensação de entrar na Igreja?
A sensação foi maravilhosa!!!! Casar é muito bom! Imaginei, que pelo fato de trabalhar com isso, talvez eu não ficaria nervosa, mas assumo que fiquei e não foi pouco, assim como ansiosa. Quando ouvi os sinos tocando, a marcha nupcial e as portas se abrindo... quanta emoção!!!! Nesse momento, eu foquei em olhar para o meu marido e pensar o quanto eu estava feliz por estar lá me casando com ele! Pensando assim, eu não tive a menor vontade de chorar, muito pelo contrário... E durante a cerimônia, eu aproveitei para olhar o altar lindo da Igreja Nossa Senhora do Brasil, ver todos meus padrinhos, ouvir tudo de lindo que o padre disse, e..., claro, ...não me contive e virei duas vezes para apreciar a decoração e ver cada detalhe... (muitos risos de novo).

YW: Quais foram as maiores emoções, aquelas que no dia seguinte foram o assunto entre você e seu marido?
Com certeza o momento da cerimônia foi muito emocionante. Como disse na resposta anterior, o momento em que a porta se abre e você vê o seu noivo lá na frente te esperando... é realmente mágico!!!!! Quando cheguei ao salão e vi a decoração e todas as pessoas que eu amava lá, eu me emocionei muito novamente. Casar foi maravilhoso em todos os sentidos, inclusive para o meu trabalho. Apesar de eu trabalhar com noivas há 10 anos, só hoje posso dizer que sei como são as sensações, os medos, as inseguranças e as emoções reais! E um outro ponto é que agora, consigo amar ainda mais o que eu faço e vejo como nesse momento é importante você ter fornecedores queridos e amigos por perto!

YW: E por último, o que é o YES WEDDING para você?
YES WEDDING É REFERÊNCIA
YES WEDDING É INOVAÇÃO
YES WEDDING É CHIQUE SEM SER OVER
YES WEDDING É AMOR
YES WEDDING É VICIO
YES WEDDING É O MAXIMO!!!!!!!!

*Clique AQUI e saiba mais sobre Lais Aguiar.

Você também
pode gostar de...

Materia

Inspire-se nas produções bridal...

Sempre que buscamos dicas de moda,...

Antena Yes

Outono na Itália...

Temperaturas mais amenas e um sem-fim...

Antena Yes

Detalhes do casamento de...

Joe Jonas e Sophie Turner estão...