Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Matérias

Entrevista com DJ Ronca

19/07/2018

  • Canvas Ateliê

    Com mais de 10 anos de experiência....

  • Arquivo pessoal

    ... DJ Ronca anima qualquer festa!

   Com mais de 10 anos de experiência, Ricardo Ronca transformou o hobbie da discotecagem em algo profissional. Aos poucos, o talento chamou a atenção e os primeiros convites para casamentos e eventos surgiram.

   Apesar da especialização em música eletrônica e suas vertentes, transita com versatilidade e excepcional bom gosto entre outros ritmos, como MPB. Não à toa seu set agrada convidados de qualquer idade ou estilo.

   Em entrevista para o Yes Wedding, DJ Ronca conta mais da sua trajetória e dá dicas de músicas que não podem faltar na sua festa!

   Yes Wedding – Como descobriu seu talento para discotecagem?
   DJ Ricardo Ronca –
Sempre fui de uma turma que adora uma boa pistinha e gostava muito de observar o trabalho do DJ, tanto as coisas boas como as coisas ruins que achava de cada set. Esse trabalho de observação foi muito importante no meu aprendizado. Passei a me interessar pela forma como cada profissional conduz a pista e, principalmente, sempre gostei de dançar. Pode desconfiar de um DJ que não curte dançar... Depois vem a experiência na condução da pista, não adianta, isso não se ensina em curso nenhum. Tem que ter horas de voo, passar por inúmeras situações, errar bastante, acertar muitas outras vezes e desenvolver seu feeling pra cada situação diferente que pode encontrar. Experiência é tudo!!

   YW – Como entrou no mercado de casamentos e como foi seu primeiro trabalho nesse mercado?
   RR –
Comecei tocando em quase todos os casamentos de amigos meus, e assim fui crescendo, recebendo convites pra tocar em outros casamentos e a evolução foi gradativa. Meu primeiro casamento foi em 2006 e posso afirmar que estou muito melhor hoje. Sempre curti tocar muitos estilos de musica, o que ajuda a estar apto pra comandar um casamento. Apesar de ter um gosto pessoal mais voltado para o eletrônico, curto muito uma pistinha nacional, adoro um rock'n roll entre outras coisas.

   YW – Qual é o maior desafio do DJ em um casamento?
   RR –
Casamento é uma festa especial e o DJ tem que entender isso. O mais importante é o entrosamento do DJ com os noivos, é fundamental o DJ entender o que os noivos esperam da trilha sonora da festa. Esse feedback é muito importante, por isso uma ou varias reuniões de briefing são fundamentais para o sucesso da festa! Além disso, é muito diferente de tocar na noite. Geralmente na noite, o clube já te brifou sobre a tendência musical da festa e quem vai é pra ouvir esse estilo e pronto. No casamento o DJ precisa perceber o melhor caminho a seguir, transitar entre os estilos combinados com os noivos e, lógico, poder dar seu toque pessoal no set.

   YW – Qual deve ser a maior preocupação dos noivos ao contratar um DJ?
   RR –
A única preocupação dos noivos na hora de decidir sobre o DJ é se ele tem essa condição, se é competente para assumir essa missão! E é muito importante os noivos já terem boas indicações sobre o estilo do DJ, para ver se encaixa um pouco com as expectativas e gostos pessoais dos noivos, porque não adianta nada contratar um DJ especialista em música eletrônica e pedir pra ele tocar sertanejo a noite toda. Nesse caso, os noivos deveriam buscar algum DJ mais específico que trabalhe melhor nesse estilo.

   YW – Como define o seu estilo?
   RR –
Eu gosto de pista, e todos os estilos de musicas que façam o povo querer dançar, mas preferivelmente meu gosto pessoal vai mais pra musica eletrônica e suas vertentes, principalmente um jazz eletrônico. Mas eu me divirto muito podendo transitar entre diferentes estilos e poder contar uma historia através da música! Quando sou contratado para tocar em casamento, procuro ao máximo entender os desejos dos noivos e me adequar ao que eles esperam, sem perder minha identidade!

   YW – Como é feita a escolha do set para um casamento?
   RR –
A escolha é feito junto com o casal nas reuniões, onde eu escuto bastante e também dou minhas sugestões para a festa. Essas reuniões são sempre muito divertidas e é um momento muito legal que antecede a festa, pois geralmente acontece em um final de semana no mês anterior ao casamento e passamos uma tarde inteira conversando e ouvindo música boa, e eu vou anotando tudo! E também já vou começando a entender o que eles esperam.

   YW – Como age quando algum convidado pede algo que os noivos não querem que toque?
   RR –
O DJ tem que interagir com os convidados e ouvi-los na medida do possível. Muitas vezes recebo ótimos pedidos que consigo atender e colocar na festa. Mas da mesma maneira os convidados também tem que entender se, por algum motivo, não der pra atender ao pedido. Às vezes o estilo pedido está vetado pelos noivos, às vezes não cabe aquele pedido no momento, e tudo isso faz parte!

   YW – Já recebeu algum pedido muito inusitado?
   RR –
Já me pediram de tudo. Muitas vezes consigo atender, algumas vezes não! O importante é o respeito mútuo. Quanto à primeira dança, já vi noivos que dançaram um forrózinho maravilhoso, outros que dançaram tango, e sempre é incrível! O que vale é a coragem e a disposição de enfrentar a situação! Uma vez teve um casal que praticava dança de salão e deram um verdadeiro show juntos. Foi demais!

   YW – Quais músicas não podem faltar um set para uma pista animada? E quais são as músicas mais pedidas do momento?
   RR –
Existem músicas universais e que agradam a todos como, por exemplo, Superstition do Stevie Wonder, ou qualquer uma do Michael Jackson, Madonna, Maroon 5... Mas o mais importante não é a música em si, mas o DJ saber a hora certa de soltar essa música, essa é a diferença. Os zaps são conhecidos, mas saber a hora certa de soltar que é a mágica.

   Quer o DJ certo para animar sua pista? Fale agora com o DJ Ronca clicando AQUI!
 

Você também
pode gostar de...

Antena Yes

Gabriella Tonello e Francisco...

Ao partir para uma viagem de...

Antena Yes

Helena Barbero e Felipe...

Quando seguiu para Caraíva, na Bahia,...

Antena Yes

O casamento de Malin...

Quando conheceu Jack Donnelly através do...