Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Maison Kas

Foi por causa da paixão pela moda e do desejo de criar peças exclusivas e modernas com técnicas de haute couture que a estilista paulistana Camila Chain abriu a Maison Kas. No sofisticado ateliê no bairro de Higienópolis, em São Paulo, as clientes são atendidas pessoalmente por ela, que trouxe para o negócio toda a sólida experiência que teve no Brasil e no exterior – Camila já trabalhou em Nova Iorque como gerente de marketing e estilo na Carlos Miele.

Na Maison Kas, a exclusividade é o ponto de partida, pois todas as peças são feitas sob medida, com mão de obra altamente especializada e acabamento impecável. Tecidos finos e importados como musseline e gazarestão presente em todas as peças.

Se a noiva preferir, pode optar pelo serviço premium, com atendimento feito na casa ou no escritório da cliente. Todas as etapas, desde o croqui, passando pela escolha de tecidos, medições, provas e a entrega da peça fazem parte deste atendimento. “Notamos uma lacuna no mercado de alta costura para noivas. Muitas mulheres não têm tanto tempo disponível quanto gostariam para dedicar-se ao tão sonhado vestido, então nós vamos até ela, levando nossa expertise e a comodidade do ateliê até a cliente”, explica Camila.
 

Rua Itapicuru, 161 - Pacaembu
São Paulo/São Paulo

(11) 3151-2570

/maison.kas

/maisonkas

A noiva Livia queria casar como uma princesa. E então escolhemos fazer um vestido com gola alta, mangas longas e saia de cetim duchese com pregas. Seu vestido tinha uma cauda removível de 2,5 metros. Seu véu tinha 4 metros. A renda do seu vestido era toda bordada com vidrilhos, canutilhos e swarovski.

A noiva Livia queria casar como uma princesa. E então escolhemos fazer um vestido com gola alta, mangas longas e saia de cetim duchese com pregas. Seu vestido tinha uma cauda removível de 2,5 metros. Seu véu tinha 4 metros. A renda do seu vestido era toda bordada com vidrilhos, canutilhos e swarovski.

A noiva Livia queria casar como uma princesa. E então escolhemos fazer um vestido com gola alta, mangas longas e saia de cetim duchese com pregas. Seu vestido tinha uma cauda removível de 2,5 metros. Seu véu tinha 4 metros. A renda do seu vestido era toda bordada com vidrilhos, canutilhos e swarovski.

A noiva Livia queria casar como uma princesa. E então escolhemos fazer um vestido com gola alta, mangas longas e saia de cetim duchese com pregas. Seu vestido tinha uma cauda removível de 2,5 metros. Seu véu tinha 4 metros. A renda do seu vestido era toda bordada com vidrilhos, canutilhos e swarovski.

A querida Rebecka Feres usou um vestido de noiva em A, todo em renda soutache, com cascata de renda na saia.

A noiva Patricia Boher usou vestido sereia com mistura de 2 tipos de renda, chantilly e soutache. Ela fazia questão de manga longa e decote nas costas. Pensamos também em uma mantilha linda para compor o look.

A noiva Patricia Boher usou vestido sereia com mistura de 2 tipos de renda, chantilly e soutache. Ela fazia questão de manga longa e decote nas costas. Pensamos também em uma mantilha linda para compor o look.

A noiva Patricia Boher usou vestido sereia com mistura de 2 tipos de renda, chantilly e soutache. Ela fazia questão de manga longa e decote nas costas. Pensamos também em uma mantilha linda para compor o look.

A querida Rebecka Feres usou um vestido de noiva em A, todo em renda soutache, com cascata de renda na saia.

casamento-maison-kas-patricia-2

casamento-maison-kas-patricia-3

casamento-maison-kas-patricia-7

casamento-maison-kas-patricia-8

casamento-maison-kas-patricia-9

casamento-maison-kas-patricia-12

casamento-maison-kas-patricia-14

4,5

685 avaliadores

459
159
52
7
6
Avalie
2
8

Resenhas

Reinaldo Gallo

12/12/13

Mas sua principal diferença está na utilização do método bespoke. O termo remonta ao século XVII, quando o cliente está loren ipsum.

Reinaldo Gallo

12/12/13

Mas sua principal diferença está na utilização do método bespoke. O termo remonta ao século XVII, quando o cliente está loren ipsum.

Reinaldo Gallo

12/12/13

Mas sua principal diferença está na utilização do método bespoke. O termo remonta ao século XVII, quando o cliente está loren ipsum.

Reinaldo Gallo

12/12/13

Mas sua principal diferença está na utilização do método bespoke. O termo remonta ao século XVII, quando o cliente está loren ipsum.