Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

#FeSuplicyLoves

Como contar da gravidez?

24/01/2017

  • Arquivo pessoal
    O nosso presente de Natal especial! 
  • A reação da vovó ao descobrir da gravidez!

   Já disse que serei mamãe, agora vou revelar como contamos aos familiares. Resolvemos (na verdade o Sergio resolveu... rsrs... eu sairia contando) segurar a informação até o tal dos três meses, que é quando o bebê está mais seguro e passou a fase mais crítica e comum das perdas.

   O meu positivo saiu dia 28 de outubro, que é aniversário da minha mãe e teríamos um jantar com todos do meu lado. Eu já queria ter falado ali mesmo pois seria um presentão, mas fiquei quietinha.

   Nos primeiros meses tive sintomas básicos: um pouco de enjoo (mas nada muito forte, era como estar um pouco mareada as vezes); eu passei a não suportar o cheiro de café (não me pergunte o porquê... hahaha, mas por favor não tome um quando estiver comigo) e de cigarro (que sempre detestei, mas o incomodo ficou ainda mais insuportável); aí de vez em quando me batia um sono repentino e dores nos seios surgiam até na caminhada... Só isso, nada mais mudou (além do corpo, claro!), e aliás, trabalhei que nem maluca fazendo a revista YW #5 o que ajudou a nem pensar em contar para alguém porque não dava nem tempo disso!

   Quando fizemos os cálculos, a data das 12 semanas (fim do primeiro trimestre) seria dia 18/12, então veio a ideia de guardarmos a surpresa para o dia de Natal, já que a família toda estaria reunida e inclusive os meus sogros iriam estar também conosco. Perfeito!

   Aí uma mini mudança de plano quando minha médica marcou a última consulta do ano para o dia 23. Pensei “Ah, eu vou pegar a minha mãe!”. Combinei com a Dra. dela ser um pouco atriz e ela topou. Aí perguntei para a vovó do meu futuro baby se ela queria ir na ginecologista comigo que eu iria dar uma checada como eu estava para uma possível gravidez, e como eu sou a filha do tipo independente que faz tudo sozinha, ela ficou feliz e quis ir na hora dizendo que me pegava em casa.

   Enfim, ela buscou eu e o Sergio e lá fomos nós! Ao me receber a Dra foi ótima e disse “O que te traz aqui Fernanda?” e enquanto falava comigo um pouquinho, o papai to be foi colocar uma câmera escondida na sala. Entramos e lá foi ela checar se eu estava saudável para poder ter um bebê com todos atuando... rsrs... Quando ligou o ultrassom, minha mãe já olhava de boca aberta achando que via 'coisas'. A médica apontou dizendo “Está vendo aqui?” e ela respondeu “não estou entendendo”. Foi quando a Dra então apertou o botão liberando o som do coração, que minha mãe colocou a mão na boca, me deu um tapa na perna (hahahaha) e chorou emocionada! Foi demais!!!

   Parte 2 foi na noite de Natal (dia seguinte). Embrulhamos em caixas com laço de fita, papel de seda e afins minha foto com a mão na barriga e o ultrassom onde colocamos por photoshop um chapéu de Papai Noel no bebê. O bom velhinho apareceu, presenteou as crianças e quando tinha terminado entregou os presentes finais: para meu pai, minha irmã e cunhado e meus sogros. Uma para cada! No cartão os dizeres “Este ano resolvemos fazer um presente nós mesmos, mas foi feito com muito amor e carinho, então esperamos que goste! Beijos, Fe e Sergio”. Foi uma emoção só! Conseguimos surpreender cada um! Meu pai aos prantos (parecia uma criança), minha irmã gritando, meu cunhado processando a informação até cair a ficha (rsrs...), meus sogros emocionados e missão cumprida!

   E como experiência digo que apesar da vontade de compartilhar a novidade em alguns momentos anteriores, achei muito bom ter esperado. Não deixamos ninguém ansioso, não arriscamos decepcionar a família e a notícia chegou muito mais consistente para ser realmente comemorada! Não teria nenhum problema ter dito antes também, sem regras. Mas no fim, gostei!

   Que seja inspirador para as futuras mamis!

   Com carinho,
   Fernanda Suplicy
 

Você também
pode gostar de...

Antena Yes

Amanda Seyfried e Thomas...

Desde que Amanda Seyfried anunciou que...

Fe Suplicy Loves

Será que a mamãe...

Antena Yes

Casamento é... Uma união...

Com direito a pedido no dia...