Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Beleza

Mitos e verdade: Remoção de tatuagem com laser

29/06/2018 por Dra. Carla Gregório

  • Dúvidas sobre o método de remoção de tatuagem a laser?

  • Cada cor responde melhor a um tipo de laser diferente

  • Extremidades, como os pés, costumam responder mais lentamente

   Quem tem tatuagem sabe que essa é uma escolha para a vida toda, ou pelo menos era. Atualmente, existem opções de tratamento para remoção das tatuagens a laser.

   Mas, será essa uma alternativa segura? Quais são os riscos? Será que o resultado é realmente satisfatório? Para ajudar quem tem e busca uma opção de tratamento para remoção, vou esclarecer algumas dúvidas sobre o tema.

    - Como funciona a remoção de tatuagem com laser?
É como se fosse uma explosão. A luz do laser vai atingir um alvo, que é o pigmento da tatuagem, e, ao absorver a luz, o pigmento explode em partículas menores que aos poucos irão ser reabsorvidas pelo organismo.

   - É possível remover completamente a tatuagem?
SIM, não existe uma regra. O número de sessões necessárias é variável, mas a cada sessão o desenho vai ficando mais claro e menos denso até o desparecimento. A remoção completa, no entanto, pode depender da qualidade da tinta, da idade da tatuagem, da sua cor. É possível a remoção por completo, mas isso poderá exigir maior número de sessões e até mesmo associação com outros lasers para melhora da cicatrização.

   - Tatuagens coloridas são mais difíceis de serem removidas?
As de cor preta são de regra mais fáceis de remoção por qualquer tipo de laser utilizado para esse fim. As vermelhas respondem bem ao laser de comprimento de onda de 532nm (Nd:YAG) e as azuis e verdes ao laser 755nm (Alexandrite – laser de picosegundos). Tatuagens amarelas e laranjas costumam não responder bem ao tratamento de remoção com laser e deve-se ter cuidado com as na cor branca, pois o pigmento pode conter partículas de óxido de ferro que podem apresentar escurecimento paradoxal com o laser nas primeiras sessões.

   - A remoção é mais eficiente em algumas partes do corpo do que em outras?
SIM! Nas extremidades, como braços, pés e mãos a resposta costuma ser mais lenta.

   - Quem sofre de queloide não pode fazer o tratamento?
Quem sofre de queloide deve ter muito cuidado, pois poderá apresentar queloide no local da aplicação. Vale a pena conversar antes com o dermatologista sobre os riscos. Outros problemas de pele como vitiligo, psoríase e algumas doenças autoimunes podem ter contra indicações relativas ao uso do laser.

   - É possível a retirada de tatuagens cosméticas, como micropigmentação de sobrancelhas, por exemplo?
Tatuagens cosméticas são cada vez mais comuns. O uso do laser para maquiagem definitiva nas sobrancelhas apresenta bom resultado, porém os pêlos no local podem ficar transitoriamente claros. Tatuagens cosméticas em tons de vermelho e marrom geralmente possuem óxido de ferro em sua composição e já foi comprovada in vitro a oxidação desse componente após sessão de QS Rubi, que logo podem tornar-se escura nas primeiras sessões antes do clareamento.

   Espero ter esclarecido algumas dúvidas e lembre-se sempre de consultar seu dermatologista antes de iniciar qualquer tratamento!

   Dra. Carla Gregório
   Dermatologista (CRM 121.892)
 

Você também
pode gostar de...

Antena Yes

Coleção Outono Reformation...

Nova estação oficial dos casamentos no...

Antena Yes

Pré-wedding em Ibiza com...

Um casório marcado pra esta quarta-feira...

Antena Yes

Mônica Taborda e Guilherme...

Mônica Taborda e Guilherme Jatolo estão...