Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Antena Yes

Especial Dia dos Pais: Na melhor companhia

13/08/2017

  • L'Amourgraphy
    Andryelle quis entrar sozinha no seu casamento
  • Arquivo pessoal
    Assim ela pode homenagear tanto seu pai biológico, José Henrique...
  • Arquivo pessoal
    ... quanto seu pai de coração, Jorge 

   Desde o momento em que começou a planejar seu casamento com Luiz Carlos, Andryelle Mokarzel tinha uma certeza: entraria desacompanhada na cerimônia. Isso porque seu desejo era homenagear seus dois pais, José Henrique Romanelli Mokarzel e Jorge de Oliveira, ambos falecidos.

   “Meu pai biológico, José Henrique, faleceu quando eu ainda era muito pequena. Anos depois, minha mãe se casou novamente, e o Jorge passou a ser o meu pai. Apesar da tristeza pela primeira perda, posso dizer que fui abençoada, pois Deus me presenteou com dois pais maravilhosos. Quando decidi entrar sozinha, o fiz para homenageá-los. Não queria colocar ninguém no lugar que seria deles”, conta.

   Andryelle lembra como foi difícil conter a emoção pouco antes de sua entrada, ainda mais por saber que não estava realmente sozinha. “Chorei muito enquanto estava atrás das cortinas. Ali a única coisa que pensava e sentia era que ambos estavam ao meu lado, e percebi que estava mais bem acompanhada do que poderia desejar”.

   Após os primeiros passos, e ainda segurando as lágrimas, ela parou e respirou fundo antes de seguir até o altar. “Nesta hora meu marido fez sinal de que viria até mim, mas acenei que não era necessário. Estava segura da minha decisão de entrar com ‘eles’”, afirma.

   Com a lembrança de ambos viva no coração, ela destaca: “Tem uma música que me faz pensar neles que diz: Toda noite antes de dormir, peço para uma estrela me guiar até você. Juro que nunca vou desistir, o amor que sinto é o que me faz sobreviver. Do meu pai biológico carrego a saudade e a vontade de tê-lo conhecido a fundo. Do meu segundo pai, o respeito e o orgulho que sempre senti, já que era um homem grandioso de coração. Onde quer que estejam só espero que estejam bem. Um dia nos veremos novamente”.

   (Fotos: Arquivo pessoal / L’Amourgraphy)
 

Você também
pode gostar de...

Antena Yes

SAG Awards 2018...

O Sindicato dos Atores dos Estados...

Antena Yes

Isadora Torres e Breno...

Isadora Torres nasceu em Cuiabá (MT),...

Antena Yes

Casamento é... Celebrar o...

Maya Foigel e André Mauro já...